“É o tio Frank! Venha aqui, maldita, eu quero tocar em você. “

materia-01

Em uma entrevista para o podcast “The Movie Crypt”, Patrick Lussier voltou ao inferno de Hellraiser e abriu a caixa de Pandora.

Lussier falou sobre seus planos para o ramake de Hellraiser em parceria com o Todd e produzido pela The Weinstein Company.

Para quem conhece o clássico de 1987, baseado na história de Clive Barker, vamos lembrar que o antagonista central de Hellraiser, na verdade, não era o Pinhead nem e os Cenobitas, mas “tio” Frank (Sean Chapman). Para quem não lembra, o filme começa com Frank comprando a caixa de Lemarchand e o decifra em seu sótão. Quando seu irmão e esposa se mudam para a casa onde tudo aconteceu, uma gota de sangue ao cair no chão, liberta Frank do inferno, enviando os Cenobitas depois dele.

A ideia de Lussier é trazer a história da procura de Frank pela caixa de Lemarchand, o que traria mais aventura a franquia Hellraiser, revelando um pouco da origen de Pinhead.

“Nós queríamos fazer outro filme com [William] Fichtner,” revelou Lussier, que dirigiu o ator em Drive Angry.

“A idéia era, essencialmente, mostrar o que nunca vemos em ‘Hellraiser’, antes de Frank receber a caixa. Imaginem se Frank é realmente uma versão macabra de Jack Bauer (de “24”) e Nicolas Cage do filme A lenda do tesouro perdido?”

“No princípio [Frank] está indo para pegar a caixa em Xangai. Ele fica preso, sendo torturado, martelado, rasgado todos os dias, porém é livre para matar quem ele bem entender, sem deixar de ser escravo dos Cenobitas, e se Frank roubar a caixa e em seguida,… coisas ruins acontecem. “

Neste novo Hellraiser, Fichtner se torna o novo Pinhead para a nova geração.

Eu absolutamente amo essa ideia porque a franquia Hellraiser se tornou mais a história sobre o Pinhead em vez de se concentrar sobre a caixa e o conceito do Inferno, como nos primeiros quatro filmes.

Clive Barker nunca foi envolvido neste novo projeto, desejando fazer seu próprio remake.(vixe)

Hellraiser é uma das franquias que realmente podemos considerar vindas do inferno. A Weinstein Company deve continuar a produção para manter os direitos sobre a franquia. Se eles não conseguirem atingir um filme revigorante para todos os fãs, terão uma grande bomba suicida como Víctor García em Hellraiser: Revelations, e repetir indefinidamente a ironia de sua existência torturada.

Hellraiser de Clive Barker é facilmente um dos meus filmes favoritos de terror, os quatro primeiros são todos cheios de um doce sofrimento inigualável. Eu daria a minha carne para a isso tudo funcionar e colocar um pouco de coração e alma e trazer de volta os meus pesadelos para o cinema. 

hellraiser